Seguidores

segunda-feira, 24 de janeiro de 2011

Escolhas!

Anderson Tomio

Movido pelo sentimento, me fechei,

Preferi isolar-me em meu refúgio,

Abrigar-me em meu claustro e chorar.

Escolhas!

Sufocar tudo, quando o coração quer gritar,

Deixar de lado o que é belo,

E optar por estar só, dói!

Mal que é necessário quando há lacunas,

no coração, quando sementes são lançadas

e não germinam.

Escolhas!

Deizer um adeus querendo dizer até logo,

Falar que não quer mais ver por um tempo,

Almejando a presença ao meu lado,

Calar-se pra não sucumbir à voz

Embargando-a nos olhos

Que vertem feito cascata.

Escolhas!

Ver um presente irreal,

em um passado breve,

E um futuro que não existe,

Ser realista, cair em si,

emudecer os sentimentos,

Escolhas!

Quantas palavras, quantos olhares,

E num gesto de oi, agora dizer-te um tchau,

Optar por andar onde sei pisar,

E ver adiante, breve noticia

De que tudo aconteceu da melhor forma,

E que o melhor acontecerá no que chamo de futuro.
___________________________
escrita em 24/01/2011 -
imagem: http://refugioddalma.blogspot.com/

5 comentários:

  1. A vida é composta por escolhas que nem sempre são fáceis de serem tomadas!!

    Uma beijoca em seu coração..
    *verinha*

    ResponderExcluir
  2. Adorei o teu blog!!!!
    E teu jeito de escrever!!!!
    Passarei sempre por aqui!!!
    Bj!

    ResponderExcluir
  3. Também gostei das suas frases, muito lindas. Um abraço.

    ResponderExcluir
  4. Um dia a gente ainda vai entender o motivo disso tudo !!
    Não sei se faz ou não parte da nossa "programação", mas com certeza deve de haver alguma explicação

    ResponderExcluir