Seguidores

quarta-feira, 23 de fevereiro de 2011

Sim! A vida é bela!

Anderson Tomio



Não!


Não me entrego à chuva depois de um dia de sol,

Não vejo a tempestade na noite de estrelas,

Deixo o tempo de lado,

Não deixo de viver,

Mas não quero o entardecer opaco

à uma noite com uma única estrela.

Que a vida flua, corra em minhas veias

Como um rio que busca o mar.

Que o sol brilhe no céu,

Com a força que pulsa meu coração,

e que chova muito,

igual as lágrimas que derramarei de alegria e emoção.

Ser feliz, ser vida, ser tudo, e respirar a brisa deitado a relva,

numa tarde quente de verão, relaxando a sombra do flamboyant.

Pequenas folhas, que descem ao meu encontro.

Meus confetes naturais no carnaval da vida!

O vento a refrescar-me, fazendo aliviar meu cansaço,

e sim, meu alento ao sol escaldante.

Não!

Não deixar de contemplar a aranha que tece sua teia

nos espinhos do pé de limão,

que como sábia tecelã, usa o que poderia ser dor,

em sobrevivência.

Não ouso tocar, nem quero romper sua obra,

mas te vejo, te admiro pequeno ser.

Não, nem na mais forte chuva, vai esmorecer

minha base, sua força ó João de barro, sábio construtor.

Exemplos da natureza, sou ser, sou natural,

Mas que exemplos posso dar?

Não... negar o tempo, reclamar do ontem,

embaçar a vista com as palavras proferidas,

embargar a voz com a imagem do horizonte,

não deixar de lado, o sol, a chuva.

Porque para sorrir é preciso alegria,

E na simplicidade da vida têm-se todas

as quais precisamos.

Não feche os olhos,

Não silencie, diga num sorriso

o que mil palavras descreveriam,

Mas o que uma pequena frase resume:

A vida é bela!
__________________________
escrita em 23/02/2011 - 13:03 h
imagem: saintgermanchamavioleta.blogspot.com

3 comentários:

  1. E como!
    Um grande bj querido amigo

    ResponderExcluir
  2. Hello.You are creative writings.This come a good feeling.Thank you and God bless you.

    ResponderExcluir
  3. "Little thinks is best joys if we see it"

    ResponderExcluir