Seguidores

domingo, 30 de janeiro de 2011

Grupo Expresso Rural – CERTOS AMIGOS

Certos Amigos

Composição: Daniel Lucena

Quando esse trem de alegria vara a vida da gente
Sempre que a estação mais perto é o nosso coração
Difícil se saber na hora o que a gente sente
Se certos amigos nos mostram que o mundo ainda é bom
Por saber,
Que tendo você do meu lado me sinto mais forte
Quero beijar o teu rosto e pegar tua mão
Se cada estrela no céu é um amigo na terra
A força do acaso do encontro é uma constelação

Lumiar,
De que planeta você é?
Eu faço o que você quiser em troca do teu amor
Posso te dar o que eu sou, amigo é um cobertor
Bordado de estrelas - de estrelas.
Constelação, nave louca
A vida é pouca e o que vale é se querer

____________________________________

Caminhadas - A busca do amor e felicidade.

Anderson Tomio



Eu caminhava pela rua em meio as multidões.
Rostos desconhecidos,pessoas apressadas,correndo contra o tempo.
Eu caminhava pelos parques, vi casais enamorados, casais desconhecidos,
com um algo em comum.
Eu caminhava na praia à molhar meus pés, mas via pessoas felizes.
Eu não estava com elas.
Eu caminhava pelos corredores do colégio, via alunos a conversar,
mas eu, só em meu caminhar.
Decidi mudar minha maneira de ver o mundo, de ver as coisas.
Passei a caminhar em meu mundo, começei a andar, tatear pelo meu intimo e descobrir meu caminhar.
Mas a saudade era muita!
 
E sai para caminhar outra vez.
Caminhava na esperança de te encontar.
Caminhava na chuva,para disfarçar minhas lágrimas.
Fui à vários lugares, viajei em mim.
Hoje ainda caminho.
Tenho forças em minhas pernas e em meu coração.
Caminhei em todas as direções,
mas nunca havia encontrado você em meu caminho.
Caminhei com duas companheiras,
a saudade e a esperança,
elas me davam a certeza de te ver outra vez.
Continuei meu caminhar,
mas suas lembranças eram fortes, fortes e presentes
que sentia você ao meu lado.
Eu caminhava em busca de algo, em busca do amor e da felicidade.
Hoje, eu ainda caminho, para passear, para estudar e para trabalhar.
Mas, caminhar para encontrar algo, não caminho mais,
não faço mais isso.
Tive a sorte numa das ultimas andanças, de encontar você.
Agora não preciso mais caminhar como antes.
Mas sabe, ainda caminho sim,
caminho e corro,
para me jogar ao seu braços
por que em você o amor e a felicidade encontrei.
___________________________________

(escrita em 19/06/1996 - 8:35h)
imagem: blog.cancaonova.com

segunda-feira, 24 de janeiro de 2011

Escolhas!

Anderson Tomio

Movido pelo sentimento, me fechei,

Preferi isolar-me em meu refúgio,

Abrigar-me em meu claustro e chorar.

Escolhas!

Sufocar tudo, quando o coração quer gritar,

Deixar de lado o que é belo,

E optar por estar só, dói!

Mal que é necessário quando há lacunas,

no coração, quando sementes são lançadas

e não germinam.

Escolhas!

Deizer um adeus querendo dizer até logo,

Falar que não quer mais ver por um tempo,

Almejando a presença ao meu lado,

Calar-se pra não sucumbir à voz

Embargando-a nos olhos

Que vertem feito cascata.

Escolhas!

Ver um presente irreal,

em um passado breve,

E um futuro que não existe,

Ser realista, cair em si,

emudecer os sentimentos,

Escolhas!

Quantas palavras, quantos olhares,

E num gesto de oi, agora dizer-te um tchau,

Optar por andar onde sei pisar,

E ver adiante, breve noticia

De que tudo aconteceu da melhor forma,

E que o melhor acontecerá no que chamo de futuro.
___________________________
escrita em 24/01/2011 -
imagem: http://refugioddalma.blogspot.com/

segunda-feira, 17 de janeiro de 2011

Algumas palavras…

Por Anderson Tomio

Renovação

O fim de tarde anunciava no céu uma tempestade. As nuvens negras vieram de tal forma, repentinas a cobrir tudo. Clarões, raios e trovões avisavam que muita água estava por vir. Corri, tentei ser o mais rápido para chegar em casa antes da temida chuva. Não foi possível! Os pingos grossos de chuva desceram todos ao mesmo tempo, e já via tudo alagado. Sob a marquise eu observava o rio que se formava em direção ao bueiro. E logo este já estava encoberto, submerso num mar de lamas. Subi o pequeno degrau da porta de uma loja, na esperança de preserva-me ainda mais das águas, mas vi meus pés irem ficando ilhados, molhados, e totalmente dentro da enxurrada. Lamentei-me em pensamento porque o tênis era novo, eu ainda tinha algumas prestações pela frente, mas ficou irreconhecível. À medida que eu, estático, observava a destruição, ouvi um forte estrondo. A lama juntamente com os escombros de várias casas desceu ladeira abaixo. O teto onde eu estava caiu. Fiquei alojado sob uma laje, mas a água chegava a meu rosto, quase me impediam de respirar. Eu precisava fazer algo. Tentei me mover forçando meu corpo sobre o entulho que me cobria e gritei. A dor física era ínfima perto de meus pensamentos que previam minha morte. Pensei em tudo, família, amigos, trabalho, um filme passou diante de meus olhos. Um bom filme, mas mesmo assim adormeci. Durante um tempo só ouvi lamentos, gritos e o som assustador das águas que carregavam tudo a sua frente. Fiquei imóvel, meu corpo paralisou, e minhas ultimas forças pensei em minha mãe, e lhe disse no silencio, Eu te amo!Fique com Deus! Tudo escureceu, seguido de um cinza que embaçava minha vista e nessa hora pude perceber o quanto tinha chovido, o quanto tudo foi devastado e me dei conta da tragédia que ocorreu. Não lamentei, mas entristeci presenciando tudo aquilo. A chuva era intensa, o frio tomava conta de mim, mas eu já estava seco, observava agora como espectador, passando a ser um ator desconhecido, perdido em meio a tantos outros. Minha situação já era outra, e antes que eu pudesse fazer algo a mais por tudo que ocorrera, mãos me puxavam, uma luz não muito forte me envolveu, e me senti não mais tomar conta de mim, eu estava sendo guiado. À medida que eu deixava de presenciar tudo aquilo um silencio tomava conta de tudo, só via imagens, turvas agora, e o som não mais chegava aos meus ouvidos. Passei a ouvir outros, uma forte ventania, gargalhadas e gritos, coisas que seriam normais em um manicômio, me percebi num, me vi louco, agia como tal, mas no fundo ainda não perdera minha consciência. Fui percebendo, fui aprendendo, que a loucura que eu achava ter era na verdade um relaxamento que minha foi. Descuidei de mim, tive alguns vícios, por inúmeras vezes minha família e as pessoas que eu realmente amo e me amavam, eu as coloquei em segundo plano. Via-me independente. Mas percebi que a independência é a dependência anônima e silenciosa de querer mostrar ao outro que ele não está sendo importante no momento, mas que é essencial para o meu crescimento. Complexo, louco, mas compreensível na medida em que eu me deslocava cada vez mais para dentro de mim e meus olhos contemplavam cada vez mais minha vida, o que fui, o que fiz e o que não fiz. Nada ocorreu sem sentido pra mim. Mas não posso afirmar por todos. Cada qual sabe o que fez na vida, em que tempo precisava “acordar” de outra forma para entender o que vinha fazendo. Coletividade! Penso que as coisas ocorrerem por um motivo e estes não são banais. Mas agora me recolho, contemplo-me na minha “loucura” e entendo cada parte da minha vida, de sanidade e insanidade, mas única, as minhas vidas!

_____________________***____________________

O texto acima, escrito em 17/01/2010 às 20:14h tem o  tom de carta, me veio em mente na tentativa de escrever uma história, mas deixei fluir todos e quaisquer pensamentos que sucederam. Quero ainda acrescentar que através deste, manifesto meus sentimentos a todas as famílias que direta ou indiretamente foram atingidas pelas chuvas na região serrana do Rio de Janeiro, nesta semana. Que o conforto e a luz divina se façam presentes em cada uma delas, que o entendimento possa surgir, acalentando corações que hoje choram, mas que precisam tem forças pra continuar vivendo e voltar a sorrir amanhã. Que o sol se faça presente na vida de cada uma, ele mesmo o astro rei, e o “sol” de luz, de paz e amor sobre todos. Que assim seja!

__________________________

DOE – DOAR FAZ BEM! FAÇA A SUA PARTE! LEVE  ROUPAS, CALÇADOS, PRODUTOS DE HIGIENE PESSOAL, FRALDAS DESCARTÁVEIS, LEITE EM PÓ E PRODUTOS DE LIMPEZA, AO CORPO DE BOMBEIROS DE SUA CIDADE, PREFEITURA OU ENTIDADE ORGANIZADORA DAS DOAÇOES – SOS REGIÃO SERRANA DO RIO –  OU INFORME-SE  DO LOCAL MAIS PRÓXIMO ONDE VOCÊ PODE AJUDAR. NÃO É DIFICIL,BASTA QUERER!

__________________________________

Imagem original: alcindoalmeida.blogspot.com

sábado, 15 de janeiro de 2011

A trilha sonora da Vida!

Por Anderson Tomio

MUSICAedt
Faça sua música, faça acontecer!

Aperte o Play, vai começar sua música preferida.
É você já parou pra pensar qual seria a trilha sonora da sua vida?
Sei que pode ser difícil, mas não impossível. Porém se analisar bem a forma que está vivendo com certeza irá encontrar uma música ao qual você se identifica neste momento.
Isso mesmo! Pode ser essa.....ou tem aquela outra...nã, nã, nã, nã, lembra?
Irreverências a parte, o assunto é sério!
Imagine que durante um bom tempo você tenha vivido feliz, conseguindo realizar inúmeros projetos, namorando aquela pessoa especial e sendo promovido no trabalho. Nossa! Quanta coisa boa heim! Sua vida parecendo um verdadeiro conto de fadas, você vendo brilho em tudo, parecendo muitas vezes estar nas nuvens.....Ah! “felicidade brilha no ar, como uma estrela que não está lá....conto de fadas...histórias comuns....” lembra dessa FELICIDADE , Fábio Júnior.
Então, mas a vida continua e a música acaba. Literalmente falando da música, duram em média de 3 a 4 minutos. A propósito, quanto tempo dura uma vida?
Bom,para que você chegasse até aqui, quem sabe também não tenha gasto os mesmos 3 ou 4 minutos? Se assim foi, então sua vida acabou?
Mas pode-se por outra música, ou muitas outras, quem sabe repetir uma só por muito tempo, porque a vida continua...mudamos de musica, passamos para outra fase.
Tudo vai de “vento em popa”. Quanta alegria! Muita alegria por conseguir realizar tudo que quero, pelas coisas serem realmente fáceis pra você. É tanta alegria, que você canta, dança, “Alegria agora, agora e amanhã, alegria agora e depois e depois de amanhã...” chega imitar Daniela Mercury.
Mas a fase mudou, mais uma, uma após outra.
Isso mesmo! Acredito que a vida é feita de fases, de muitas delas. Veja só... “viaje” comigo!
A vida é um CD, e a cada fase dela,uma nova música vai tocando , muda a faixa, muda a fase.
Partindo desse comparativo, consegue mudar de faixa, quando as coisas já não vão bem?
Reconhece que precisa ser feito algo diferente, inovar? Toda música pede uma dança, mas as vezes dançamos no ritmo errado, e as coisas não vão como deveriam. E então.....
Você que tem um bom trabalho, o amor da sua vida, uma família amorosa, amigos, é surpreendido por uma “tempestade”. As coisas então começam a não mais dar tão certo pra você. Os problemas e as dificuldades aparecem e então você “baixa o volume da sua vida”, resolve se isolar, ficar quieto, se revolta, assim aquelas músicas que tanto serviram pra fazer sua trilha, são silenciadas e você se entrega. Acredita que o mundo e avida lhe viraram as costas. O desespero toma conta e você grita, deixa tudo de lado. Pensa que agora só resta você e a vida, mais ninguém.
Porem quando você não consegue trocar a musica, mudar de faixa e de fase, a sorte que teu criador tem um controle remoto nas mãos, e num click, ele troca a música pra você. Tudo se aquieta e volta
a ser quase perfeito novamente.
Você respira aliviado! Consegue até mesmo sentir o aroma das flores, respira novamente o perfume da vida.
Há esta altura, há essa fase, tua musica não podia ser outra, você esta revigorado, confiante, com esperanças que agora tudo será diferente, tudo será melhor, e tem razão porque “nada do que foi será, de novo do jeito que já foi um dia, tudo passa, tudo sempre passará.....” Léo Jaime / Roberto Carlos.
Pense! A vida pode ter mil fases, nossa trilha pode ser composta de mil faixas, mil musicas. Mas se caso isso for acontecer....faça sua parte, não sente-se a beira do caminho pra lamentar-se porque essa é a única condição pra o controle remoto do teu criador funcione mais uma vez.
Desejo que sua trilha sonora seja formada de músicas que falem de amor, fé,paz, esperança, amizade, saúde, sonhos, trabalho, família, e muito mais, não importa a ordem, fazendo parte já e o suficiente.! Portanto aumente o som da sua vida, mexa-se e “dance” seguindo em frente.
Com Carinho Anderson Tomio.
__________________________
imagem original: italoerenno.com.br

quinta-feira, 13 de janeiro de 2011

Realizações!

pisarlua 

“UM PEQUENO PASSO PARA UM HOMEM,

MAS UM GRANDE SALTO PRA HUMANIDADE”

Neil Armstrong – ao pisar na Lua em 20 de julho de 1969

***

“um pequeno passo para Humanidade,

mas um grande salto para um Homem”

Anderson Tomio – ao formalizar uma grande conquista 13 janiero de 2011

{:-) OBRIGADO SENHOR DEUS! {;-)

quarta-feira, 12 de janeiro de 2011

Tudo sob controle!

Por AndersonTomio

razao e emoçao_thumb[5]

As emoções comandam nosso cotidiano,disso não tenho mais duvida faz tempo. É como se a cada momento nosso corpo fosse atualizado pelo que estamos vivendo, e assim é, com as emoções. Estas que regem o nosso comportamento fazendo muitas vezes um turbilhão. Horas estamos bem, com bom humor, alegres, radiantes e  com disposição pra escalar uma montanha, porém  hora estamos também depressivos, mal humorados e somente com vontade de isolar-se de tudo e de todos ou até mesmo de descontar tudo num ato impensado. Enfim, somos humanos e o que difere a nossa de outras raças é justamente a capacidade expressiva do nosso pensamento,se bem que há horas em que o pensamento fica tão limitado devido ao que se vive no momento, que a concentração passa a ser somente uma palavra no dicionário e não mais um ato concreto do nosso pensar. E então, a emoção já tomou conta de tudo, domina por um tempo nosso cérebro e deixamos de ser racionais.

Esses acontecimentos para quem escreve pode ser uma “mola” a impulsionar para vários escritos, que muitas vezes são a “válvula de escape” para atenuar-se um estado emocional vivido, mas também muitas vezes pode ser o “casulo” ao qual vou me fechar, ao qual nos  fecharemos, isolando-se da realidade.

Tenho ao longo do tempo percebido isso com muita ênfase no meus escritos. Minhas emoções, tem grande potencial de reger o que escrevo. Se estou analítico, escrevo sobre o mundo e o cotidiano, se estou apaixonado escrevo sobre o amor, se estou com raiva escrevo muitas vezes sobre as decepções,  e assim vou escrevendo.

Acredito que, para escrever, criar, tem que ser um pouco “masoquista” e deixar a emoção tomar conta, permitir que ela permeie os seus pensamentos e coloque-os numa bela “viagem”.

Mas nesse ponto alguém pode afirmar…. “ não acho que seja capaz de alguém ser somente racional ao escrever, a emoção sempre está presente” , e eu concordo com isso.

A emoção e a razão nos regem por uma vida inteira. De acordo à elas é que tomamos atitudes em nossa vida. Elas são amigas inseparáveis, dividem a liderança de nossa vida com maestria. Acredito que só há um intruso que pode fazer com que essa “amizade” venha entrar em conflito e fazer de nossa vida um verdadeiro cenário de constante luta, o EGO.

Eita “sujeitinho” metido. Ele tem a capacidade de persuadir as duas, a emoção e a razão, e fazer tudo pensando em si.

Pronto, quando isso acontece, o perigo da insanidade ronda nossos atos, nisso podemos tomar atitudes repentinas que podem nos fazer bem ou ter um final nada feliz.

Mas enfim, escrever é dar voz, as a duas, a emoção e razão tornando o ego algo sutil e poético. Ele não faz parte do ditado, não registra suas intenções.É mero espectador!

Em meu blog, tenho percebido como estou de acordo com o que escrevo. Há nas postagens uma grande carga do que estou vivendo no momento, nem sempre no dia que postei, mas sim no momento que escrevi, que fiz tal composição.

Percebo isso também em blog do mesmo tipo, com as mesmas características dos escritos, onde o autor coloca em cada nova criação o que está vivendo naquele momento.

Terapia perfeita!

O ser humano é um ser social, tem como integrante de si a necessidade da criação de grupos, porque não creio na vida isolada, ainda mais nos dias atuais. Isolar-se  de vez do mundo, é esperar o fim com cronômetro na mão!

Já pensou que ruim você não poder dividir um pouco de você com os outros e agregar um pouco do outro à você também?

Patologia total à quem faz isso como opção. E não incluo aqui nesse pensamento os movimentos sejam estilos de vida ou religiosos, porque se são movimentos, com certeza geram grupos. É diferente de quem o faz por medo e por alguns sentimentos que tomaram grande dimensão e se tornaram ervas daninhas, retirando o individuo do maravilhoso convívio social.

O bom de tudo isso é achar o ponto de equilíbrio! Porque totalmente normal querer estar no meio de pessoas, sejam parentes e amigos ou novas pessoas a serem conhecidas, e momentos depois querer estar só, viver por instantes o seu mundo sozinho. Essa alternância ao meu ver, nos faz refletir sobre o que somos, como vivemos e contribui e muito para um crescimento pessoal.

Enfim! Sejamos racionais, sejamos emocionais, sejamos sociais, sejamos solitários, somos no fundo humanos, e por isso tudo que somos, humano como somos. ã????

“Viajar” no pensar e refletir o que se pensa, é sempre bom! Deixo o convite.

_____________________________________

Escrita em 11/10/2010 -  20:40

Imagem: http://filosofialimite.blogspot.com/

domingo, 9 de janeiro de 2011

Não sejas assim…

Anderson Tomio

naosejasassim

Não sejas assim, não me digas nada agora,

apenas silencie o coração,

deixe que seus olhos falem, escute-os

e seja pleno de sentimento!

 

Não sejas assim, não digas nada agora,

apenas estenda a mão

e olhe em minha direção,

eu irei ao teu encontro!

 

Não sejas assim, não me digas nada agora,

apenas fique na direção do vento

e deixe que seu perfume venha me seduzir,

que inspirarei a tua essência!

 

Não sejas assim,

não me digas nada agora,

apenas abra o sorriso,

e eu te retribuo com o meu,

mas meus lábios esperarão os seus!

 

Não sejas assim,

não me digas nada agora,

apenas deixe fechados os seus olhos

e sinta a magia do momento

que te abrigarei em meus braços!

 

Não sejas assim,

não me digas nada agora,

apenas deixe, a vida, o nosso filme está em ação,

e o coração, a mão, o perfume,o sorriso e os olhos,

serão plenos em sentindo,

sentindo nosso amor.

__________________________

escrita em 09/01/2010 – 20: 38 h

imagem original: depoisdosquinze.com

domingo, 2 de janeiro de 2011

SELOS – INDICAÇÕES – AUTORIZAÇÕES – 2010

No ano de 2010, recebi 4 selos. São ao meu ver, um “mimo” ao reconhecimento

da qualidade do que é postado. Em geral, o selo é dado por um outro blogueiro que se afinizou

com seu blog, seus posts e assim quer deixar isso de forma registrada. Mas além disso, outra função dos selos,

é de “entrelaçar” blog, numa indicação. Quem recebe, indica, e assim por diante, de uma forma que favorece também

a divulgação dos blogs indicados na rede. Além de um carinho, vejo o selo também como um serviço prestado

por cada blogueiro que faz de suas páginas um mural a esses parceiros. Além disso, recebi indicações em outros sites e blogs e autorização para postagem de outro autor.

Cronologia:

No dia 01/07/2010 – pedi permissão por e-mail à José Oliva (Compositor, jornalista, publicitário, com pós graduação em Marketing Avançado (FAE-PR) e integrante da Associação Brasileira de Recursos Humanos - ABRH, o autor das Caixinhas de Atitude é sócio-diretor de planejamento e criação da Nova Comunicação, com sede em Curitiba, Paraná.), que entendeu o meu propósito autorizando a postagem de um de seus poemas “Seja você o menino” em meu blog.

link para postagem http://andersontomio.blogspot.com/2010/07/seja-voce-o-menino.html 

José Oliva – Caixinhas de Atitude :http://www.caixinhadeatitude.com.br/site/principal/ onde é possivel  conhecer e adquirir os poemas com belissimas imagens para presentear. Vale a pena conferir!

cx1-horz

Resumo do e-mail

Olá Anderson Tomio: seja muito bem vindo. Autorizo sim a utilização do texto “Seja você o menino” em seu blog. Apenas, acrescentando, a fonte www.caixinhadeatitude.com.br e a citação da autoria - José Oliva.  Detalhe, a ilustração do cartaz desta Caixinha de Atitude é de Denise Roman, uma das maiores gravadoras e ilustradoras do Brasil, moradora aqui em Curitiba. Se você vai utilizar a ilustração do cartaz, seria também muito legal que citasse Denise Roman.  No mais, agradeço por sua atitude: de consultar, de agir como agiu. Grande abraço. E permaneço à sua disposição. José Oliva.

 

Em 15/09/2010 – Sérgio Pavarini - @Pavarini – do site http://www.pavablog.com/ incluiu meu blog em sua  –BLOGOSFERA onde lista-os e ajuda a divulgá-los.

pavablog

O  primeiro selo (24/10/10) foi de Dario Dutra  do site http://www.vejablog.com.br/ onde meu blog passou a fazer parte da listagem dos indicados “Melhores Sites e Blogs do Brasil”

 image

O segundo selo (10/11/2010)  agradeço  a MYS, do blog Anel de Fada - http://aneldefada.blogspot.com/  que contém mensagens inspiradoras e que só fazem elevar nossa fé e espiritualidade.

image

O terceiro selo, foi me dado no último dia do ano, 31/12/2010 por Letícia Wilhelm do blog http://thisunderdog.blogspot.com  onde há de tudo um pouco, mas voltado as relações do cotidiano, por fora como ela mesmo diz.

selo_laranja_atomica

Aproveito também para lembrar dos inúmeros amigos que  incluiram o meu blog, http://andersontomio.blogspot.com  na lista de blogs favoritos em seus sites e blogs e que tem me ajudado a levar minhas palavras adiante pelo vasto eco do mundo virtual. Obrigado!

Teve também o selo de participação do Prêmio Top Blog e por ser um membro Top Blog -

Top Blog Prêmio é um sistema interativo de incentivo cultural destinado a reconhecer e premiar, mediante a votação popular e acadêmica (Júri acadêmico) os Blogs Brasileiros mais populares, que possuam a maior parte de seu conteúdo focado para o público brasileiro, com melhor apresentação técnica específica a cada grupo (Pessoal, Profissional e Corporativo) e categorias. Além disso os blog participantes passam a fazer parte da lista de blogs no sistema de busca do site.

image 

  GRATO PELO CARINHO E CONFIANÇA DEPOSITADAS EM MIM E MEU BLOG.

MUITÍSSIMO OBRIGADO!

  FORTE ABRAÇO, ANDERSON TOMIO.

** em breve publicarei a listagem dos blogs aos quais repassarei os selos de número 2 e 3 – selos de propagação **

Meu bem querer!

Anderson Tomio

casal_amando

Acordei, vi você a minha frente,
teu olhar e teu sorriso, me deram bom dia,
me deixaram radiante, neste novo amanhecer.
Bem querer, vem meu querer, meu bem, ficar ao meu lado.
Amo a vida, simplismente amo bem querer, tambem te amo.
Amo você meu bem querer!
Toca minha pele, molha meus lábios, beija o amor,
respiro teu ar, me sinto tão teu, sinto teu cheiro,
te sinto tão minha. óh bem querer…..
Olho em teus olhos, contemplo nós dois,
me sinto tão vivo, amo, bem querer, quero,
tão bem,querer você, amar meu bem.
Vejo ao teu lado a beleza dos dias,
sinto ao teu lado a eternidade das horas,
contemplo a vida, contemplo você.
É o bem que você me faz, é o bem que você me quer,
é amor que você me dá e te quero bem.
Amo, simplismente amo, vou além.
Acordar meus dias, dormir minhas noites,
ser teu, ser minha, simbiose de amor.
Adormeço em nosso leito,
me cubro com o teu corpo, te sinto,
meu incenso de vida, minha essência de amor.
Meu bem, querer, e tenho,
vem, vou querer, me dar, receber,
no sol, na chuva, na lua.
Amo, simplismente amo!
No enlaçar de nossos braços, na paz do teu sorriso,amo.
Meu bem querer….

__________________________________
(Escrita em 09/08/2010 – 13:20)

imagem original:liliafigueiredo.zip.net

Technorati Marcas: ,,,,